Por dentro da latinha

Por dentro da latinha

É difícil encontrar alguém que não se renda às borbulhas e à refrescância de um bom refrigerante gelado. Talvez seja por isso que uma série de dúvidas surja a seu respeito. Saiba o que existe de verdade – e de mentira – em cada uma delas

Por Viviane Aguiar

No supermercado, as prateleiras abarrotadas denunciam: existe refrigerante para todos os gostos, bolsos e necessidades. Os sabores são inúmeros e vão desde os tradicionais de cola até os de limão, pêssego ou laranja com morango. O conteúdo também é diverso: existem latinhas de chá gaseificado, água com limão e, agora, refrigerante que queima calorias. A novidade vem da maior empresa do setor, a The Coca-Cola Company, e é composta por chá verde combinado a composições químicas que pretendem se aliar às dietas de academia. Sem previsão de lançamento no Brasil, a chamada Enviga pode ser uma das novas revoluções da marca – a exemplo do primeiro produto, vendido inicialmente em singelas garrafinhas de vidro e, hoje, um dos mais lembrados no imaginário bebedor do mundo.

A idéia de prazer e satisfação vinculada ao refrigerante não é unânime. Cenia Salles, proprietária do Empório Siriuba, em São Paulo, não toma a bebida há 15 anos e, ao abrir seu negócio, a excluiu também do cardápio. “Não faço propaganda contra, mas simplesmente descobri que existem muitas alternativas mais saudáveis de bebidas que o refrigerante”, diz ela. Diferente de Cenia, muita gente tem uma opinião contrária à bebida porque foi influenciada pelos inúmeros mitos (ou verdades) que cercam o assunto. Para resolver de vez as dúvidas, o Guia da Semana ouviu posições com valores bem diversos para chegar às melhores conclusões: as nutricionistas Érika Alvarenga e Carla Cristina Enes, e José Mauro de Moraes, diretor da Abir, Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerante. Confira!

Mito ou verdade?

  • Refrigerante light engorda menos que suco natural.
    José Mauro de Moraes, Abir: Mentira. No entendimento da Abir, não há alimento ou bebida que engorde mais ou menos. As pessoas engordam pela combinação de dieta inadequada e falta de atividade física e só aumentam de peso quando seu consumo calórico (a soma do valor calórico de gorduras, açúcares e proteínas) excede o gasto. Sucos e refrigerantes podem fazer parte de uma dieta saudável.
    Carla Cristina Enes, nutricionista: Nem mentira nem verdade. Os refrigerantes ligth têm em média menos de cinco calorias para cada 100ml do produto. De uma maneira geral, os sucos naturais apresentam em média de 40 a 80 calorias por 100 ml. No entanto, é importante ressaltar que se deve sempre dar preferência para o consumo de sucos naturais, já que os mesmos ofertam uma grande quantidade de vitaminas e antioxidantes. Sob o ponto de vista calórico, os refrigerantes light têm menor conteúdo de energia se comparados aos sucos, mas isso não os coloca em posição privilegiada para opção de consumo, já que são bebidas sem valor nutricional algum.

  • Refrigerante incha o estômago.
    José Mauro de Moraes, Abir: Mentira. O consumo normal de uma bebida com gás, seja refrigerante ou água mineral, não deixa o estômago inchado. O gás presente no refrigerante é rapidamente eliminado. No entanto, caso uma pessoa beba grande quantidade de uma bebida gasosa em curto espaço de tempo ela pode experimentar algum desconforto.
    Érika Alvarenga, nutricionista: Verdade. O gás faz mal. Ele fermenta e estufa porque distende a parede do estômago, e dá uma falsa impressão de satisfação. O que acontece é que quanto mais distender, mais o estômago vai pedir alimentos e, assim, vai ficando flácido.
  • Misturar uma fatia de limão ou de laranja ao refrigerante pode fazer mal.
    José Mauro: Mentira. Tanto não é verdade que os refrigerantes de limão e laranja contêm suco das frutas. Essa é só mais uma das lendas da internet que já foram desmentidas pelas próprias entidades citadas.
    Carla Enes: Mentira. Não existem resultados de pesquisas científicas que confirmem os malefícios causados pela adição de limão ou laranja aos refrigerantes. É pouco provável que a acidez dessas frutas possa interferir negativamente na saúde, já que o próprio suco gástrico, tão importante na digestão dos alimentos, apresenta um pH em torno de 1,5.
  • A composição dos refrigerantes é toda química e por isso a fórmula não é revelada.
    José Mauro: Mentira. Refrigerantes são compostos por água, açúcar (no caso dos light/diets o açúcar é substituído por edulcorantes, também conhecidos como adoçantes), dióxido de carbono (gás), sucos, extratos vegetais e alguns aditivos que tem por finalidade manter a qualidade, conservá-los e dar sabor e aroma. Todos os aditivos são aprovados pelas autoridades de saúde e somente podem ser usados em quantidades limitadas de acordo com normas específicas.
    Erika: Mentira. O refrigerante é composto por carboidratos, açúcar e eletrólitos, como o sódio e o potássio. Não faz mal para a saúde, mas também não é tratamento de nada.
  • Não existe diferença entre os refrigerantes light e diet.
    José Mauro: Verdade. No caso específico de refrigerantes, não há diferença. Ambos não podem conter açúcar adicionado e este é substituído por adoçantes como o aspartame, o esteviosídeo, a sucralose, o acesulfame K, a sacarina e o ciclamato.
    Carla: Não há diferença na composição nutricional dos refrigerantes denominados light e diet, já que originalmente essa bebida apresenta em sua composição apenas o carboidrato. Sendo assim, tanto a versão light quanto a diet caracterizam o produto sem açúcar (carboidrato).
  • Refrigerante só faz mal à saúde
    José Mauro: Mentira. Refrigerantes podem fazer parte de uma dieta saudável, se for composta por diversos tipos de alimentos, como cereais, frutas, verduras, laticínios, carnes, pães, em quantidades compatíveis com o gasto calórico da pessoa. Por conterem água, os refrigerantes também ajudam na hidratação. Muitas pessoas não bebem água e preferem outros líquidos, como o refrigerante e o suco. Ambos hidratam com eficiência.
    Erika: Nem verdade nem mentira. O consumo exagerado de refrigerante impede a ingestão de algumas vitaminas. Ele até é usado em alguns casos de desidratação, mas não pode ser substituído pela água, nem pelo suco, nem por água de coco, nem isotônico. Na minha opinião, como nutricionista e pessoa, podemos de vez em quando fazer essa substituição, faz parte da vida social. Mas não podemos substituir definitivamente.
  •  

     

    A nutricionista Erika Alvarenga esclarece outras dúvidas que rendem o mundo dos refrigerantes:

    • Refrigerante combate vômitos e enjoos causados pela ingestão exagerada de bebida alcoólica?

    Por conter açúcar, o refrigerante ébom para quem ingeriu uma quantidade muito alta de álcool, poerdeu sais minerais e glicose. Mas só deve ser tomado quando não existe outra opção no local, como água de côco, que faz o mesmo efeito. As pessoas aceitam melhor o refrigerante, mas o ideal mesmo seria tomar o soro glicosado – que só é vendido sob receita médica ou nutricional.

    • Refrigerante pode viciar?

    Os compostos por cafeína, sim. A cafeína é estimulante e em contato com o sódio e o potássio entra ainda mais rápido na corrente sangüínea. Por isso também não é recomentado tomar refrigerantes com cafeína à noite, em horários próximos ao repouso. Os refrigerantes de guaraná também por si, já são estimulantes e, assim como o chá verde e os de cola, deve ser evitado perdo do horário do repouso.

    • Refrigerante dá celulite?

    Não dá para responder. O hábito de consumir refrigerante está diretamente ligado à má alimentação. E a celulite é causada por sedentarismo e maus hábitos alimentares, como não tomar água. E isso dá celulite, sim.

    • Refrigerantes podem causar problemas futuros com os ossos?

    O refrigerante tem alguns componentes que impedem a absorção do cálcio. Quem consome muito refrigerante não tem uma mineralização dos ossos adequada e pode sofrer com fraturas. Mas tudo está ligado à quantidade do que é consumido: beber, sem exageros, não faz mal.

    Fonte: http://www.guiadasemana.com.br/noticias.asp?ID=2&cd_news=21177&cd_city=1

     

    Anúncios
    Esse post foi publicado em Nutrição. Bookmark o link permanente.

    Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s