Depressão

Esse é um tema bem complexo, hoje com a terapia CranioSacral tenho ajudado muitas pessoas que enfrentam o problema da depressão, pessoas que normalmente são ansiosas, que se sentem sempre cansadas, sem vontade de fazer nada… Mas a cura tem que vir de dentro…

Um cliente que estava se tratando com um psicanalista ao receber a primeira sessão da terapia CranioSacral me disse que sabia de todos os traumas que ele tinha passado desde a infância, mas que saber deles não tinha ajudado em nada… estava tomando remédios e apesar de que, em casa o relacionamento estava ótimo, no trabalho também, se sentia desanimado e sem vontade de sair de casa. Ele tinha muitas dores e isso também pode ser um fator causador da depressão, mas… ao entrarmos em contato com o que estava registrado no corpo dele, ele percebeu um aperto no peito… algo que não deixava o ar entrar livremente. E eu pedi para que ele tentasse se lembrar alguma vez qdo criança em que ele tivesse sentido esse aperto… alguma situação onde ele tivesse ficado com muito medo, tivesse se sentido sozinho… e ele se lembrou de um episódio em que a mãe havia deixado ele de castigo dentro de um quarto escuro… e ele ficou apavorado pois tinha uns 4 anos… conseguiu identificar aquele mesmo aperto no peito… e se lembrou que logo depois a mãe voltou e o tirou de lá. O que eu faço numa sessão é, ao identificar uma tensão no corpo e associar uma situação a ela, tento transformar esse aperto em uma sensação de conforto, normalmente trazendo para aquela situação alguém que possa proteger e socorrer a pessoa naquele momento de medo ou pavor. No caso do meu cliente ele escolheu a mãe que foi sempre muito protetora… pedi para que ele a levasse para dentro do quarto no escuro,  e ao imaginar segurando a mão da mãe ele se sentiu protegido… Essa nova sensação passou a fazer parte dele, e ele tomou consciência de que, em qualquer situação atual, poderá sempre se sentir seguro, abraçado e amado apesar da mãe já ter partido. Esse trabalho de reconhecer no corpo pontos que o incomodam para poder liberar, ajuda no processo da cura…

Os padrões de pensamento aliado aos medos e inseguranças poderão levar a um quadro de depressão. Eu li um texto muito bom que fala um pouco sobre as nossas atitudes…

Ele diz assim:

“Quando vivemos nos queixando de tudo e do todo, nosso caráter se degenera. E todos se afastam.  Você não deve cair neste ciclo vicioso. Faça o contrário que sem dúvida o seu mundo se tornará melhor. Espalhe sorrisos, elogios, ame e agradeça sempre. ” Ariovaldo Adriano Ribeiro. Para ler na íntegra esse interessante texto, clique aqui.

Para aqueles que se sentem deprimidos, apliquem o toque sutil das mãos ensinado no texto da “AUTO-CURA” e tente entrar em contato com a sua criança interna. Tente lembrar de seus medos, perdas e traumas… a culpa também pode ser uma grande vilã… se perdoe e se aceite… traga entes queridos para o seu lado… perdoe aqueles que erraram e o fizeram sofrer… sinta esse aperto se transformar em conforto ao se sentir protegido por um familiar querido, ou pelo seu anjo da guarda.

Você é um ser lindo e maravilhoso e merece ser feliz!

Um forte abraço,

Tati.

Esse post foi publicado em Entendendo as emoções, TODOS OS TEXTOS. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s