Fortalecimento do pescoço – melhora a dor? E o Trigger point ou ponto gatilho?

Vamos mais uma vez falar da velha dor do pescoço, aquela que vai e volta, não temos posição para dormir, o relaxante muscular não ajuda muito, e depois de fazer fisioterapia e acupuntura vem a tentativa exaustiva e frustrante de fortalecer a musculatura, que parece piorar ainda mais o problema… a técnica do trigger point parece aliviar, mas a dor sempre volta depois de algum tempo, por quê?

Uma leitora do blog me escreveu esses dias me pedindo ajuda:

 “(…) Tati, eu gostaria de tirar uma dúvida com você, se não for muito incômodo. É o seguinte:
Você sabe que eu tenho aquele problema de dor cronica no trapezio, pescoço e cabeça.
Rescentemente, eu aprendi a localizar pontos gatilhos no trapezio e no pescoço e desativa-los com digitopressão. Aliás, descobri vários pontos gatilhos e como um ponto gatilho no trapézio causa uma dor referida na minha testa ou um ponto na minha nuca causa dor nas minhas têmporas, é impressionante! Só que não é uma dor que dá e passa, é uma dor continua, ou seja, uma dor que vira ” dor de cabeça” na testa e nas temporas, continuamente, todos os dias, quase que 24 horas e que praticamente não sede a analgésicos ou antinflamatórios. O neurologista diagnosticou como cefaleia tensional cronica, mas eu tenho dúvida. É obvio que a cefaléia tensional cronica se instalou, mas primariamente, eu acredito que existe um quadro de Sindrome da Dor Miofascial, você já ouviu falar ? Bom, diante disso, o que teria que ser feito, segundo dizem os médicos Fisiatras, é uma Reabilitação muscular, com Alongamento muscular, Fortalecimento, Desativação dos Pontos Gatilhos e Relaxamento muscular e eis a cura ou praticamente a resolução do problema.
O que acontece comigo é que agora eu aprendi a desativar os pontos gatilhos. Ótimo. Só que eles voltam em pouco tempo, as vezes no mesmo dia, e porque? porque os músculos ainda não foram reabilitados, estão fracos. Só que quando eu começo a fazer alongamento e exercícios isométricos pra fortalecimento muscular, sempre tomando cuidado para não sentir dor e lesionar ainda mais os músculos como você já explicou em um dos seus posts aqui no blog, no dia seguinte eu acordo pior, e nos dias que seguem, enfim, a sensação que eu tenho é que a dor piora, eu não sei se isso é normal, se com você foi assim também quando você começou a fazer pilates. Seria isso uma reação normal dos musculos como quando a gente vai a academia e fica tudo dolorido? Como é que eu vou fortalecer meus musculos do pescoço se em apenas duas séries de isometria de 10 segundos para cada lado feito 1 vez apenas no dia eu fiquei cheia de dor? E não é a primeira vez que acontece, é só começar a fazer os exercicios de fortalecimento que a dor piora e eu acabo desistindo. Me dá uma luz Tati?”

E aqui vai a resposta que eu dei a ela:

Oi querida, eu entendo o seu sofrimento e esse assunto vai virar um post novo… é o seguinte: primeiro, ao invés de pressionar os pontos com a técnica do trigger point (ponto gatilho) eu vou pedir para vc mudar a pressão para a técnica do toque sutil que eu ensinei, nos mesmos pontos que nada mais são que cistos energéticos… isso vai fazer com que esses pontos não voltem mais… experimenta e me conta depois…
A outra questão é o fortalecimento, eu já atendi outros pacientes que seguiam exercícios dados para fortalecimento de pescoço, e pessoalmente eu não gosto deles! Eu simplesmente não trabalho o pescoço dessa maneira, a meu ver, a força que o pescoço precisa é a de sustentação, e quando a cabeça está em equilíbrio, a musculatura na verdade deveria estar relaxada e não contraída! A dor que vc está sentindo é sim desse trabalho de contração, mas está inflamando os músculos ao invés de fortalecer. Eu pararia com tudo isso… o que o seu pescoço precisa é de mobilização, ele precisa fluir com a menor quantidade de contração possível… faça movimentos leves (leia mais), pequenos, sutis e principalmente lentos… quanto menor melhor… mas pense em movimento… coloca uma música suave e pensa na coluna como um todo, mexe da base da coluna para cima, tipo, mexe o quadril e sente o que o tronco quer fazer e para onde a cabeça quer ir… faça isso sentada, em pé, deitada… os movimentos não devem ser isolados… eles devem seguir uma harmonia com o todo para distribuir as cargas e não sobrecarregar nenhum nível isoladamente. Sinta os espaços acontecendo… uma vértebra separando da outra… como que se um feiche de luz pudesse passar entre elas… NUNCA ENRIJEÇA! Vc deve sentir a cabeça leve como uma pluma e não pesada como uma rocha! Solte os seus ombros, deixe eles pendurados e relaxados… se eles querem subir, deixe eles subirem em direção das orelhas, espere que eles depois de contrairem vão relaxar… e continue movimentando a coluna… sinta as costelas se separando umas das outras… ABRA ESPAÇOS! Deixe o sangue fluir… o corpo se aquecer… faça isso embaixo do chuveiro!
Se espreguice muuuuito e sempre!
BOA SORTE!
Um abraço grande,
Tati.

Leia também:

Como respirar quando o ar não quer entrar no peito?

TENSÃO NO PESCOÇO E OMBRO!!! Não aguento mais…

DOR NO OMBRO e o Manguito Rotador

Postura Correta X Errada

Anúncios
Esse post foi publicado em A AUTO CURA, Sobre PESCOÇO e OMBRO, TODOS OS TEXTOS. Bookmark o link permanente.

14 respostas para Fortalecimento do pescoço – melhora a dor? E o Trigger point ou ponto gatilho?

  1. Vanessa Provazi disse:

    Tati, minha amiga tão querida,
    Em primeiríssimo lugar, OBRIGADA! Muito obrigada por ter me dado uma resposta tão completa, esclarecedora e que você ainda transformou em post. Espero que não ajude só a mim mas a todas as pessoas que tiverem o privilégio de conhecer o seu blog.
    Tati, os últimos dias para mim não foram nada fáceis. Foram dias de muitas dores e o tempo frio não ajuda. Eu estou me sentindo cansada, esgotada mesmo de sentir tanta dor. Mas eu não perco a esperança! Vou continuar lutando e buscando sempre pela minha cura e pela minha qualidade de vida, e você, como um anjo caridoso de Deus tem me ajudado muito nessa busca.
    No dia em que te escrevi, estava com dores muito fortes porque nos três dias anteriores tinha feito digitopressão + alongamento + isometria nos músculos do pescoço. Normalmente esse é um procedimento meio padrão para reabilitação muscular e recuperação de dores miofasciais. Mas aí a dor veio e bateu forte, e isso me deu muita tristeza, primeiro por causa da dor, e segundo porque eu comecei a pensar que se a minha “cura muscular ou miofascial” está mais ou menos encaixada nesse padrão de procedimento de reabilitação, então eu não poderia faze-lo porque simplesmente não dá! Eu pensei: meu Deus, será assim com todo mundo, será essa piora na dor “normal” no inicio? Foi quando eu me lembrei de escrever para você.
    Eu pedi que Deus te iluminasse e eu sinto que Ele realmente te iluminou!
    Tati, eu não li, eu bebi palavra por palavra do que você me escreveu hoje, já escrevi num papel os principais pontos, vou ler e reler e vou seguir a risca tudo o que você ensinou. Agora sim eu sinto que esse é tipo de exercício ou movimento que vai Relaxar a minha musculatura, e não enrijecer ainda mais. Isso sim faz sentido! Agora vou fazer uma reabilitação diferente: Toques suaves + Movimentos pequenos, leves e fluidos + Respiração.
    Vou fazer TODOS OS DIAS e vou voltar aqui no blog daqui alguns dias para ir relatando como estou, para você e seus leitores.
    Tati, mais uma vez, Muito Obrigada! A minha singela forma de retribuir a você é incluindo você sempre nas minhas orações ao Senhor Jesus para que Ele te recompense com muita SAÚDE, PAZ, PROTEÇÃO E PROSPERIDADE! É o que desejo fortemente de coração a você!

    Um beijo e um abraço carinhoso,

    Vanessa Provazi

  2. Vanessa C. Provazi disse:

    Olá Tati, meu anjo querido, que saudades!
    É com imensa alegria que escrevo para você novamente depois de tanto tempo, já aproveitando para me desculpar pelo sumiço, pois assim que escrevi para você da última vez eu tive um outro problema de saúde que me impediu de falar com você e somente agora eu sarei, com a Graça de Deus.
    Mas não é para falar de coisas ruins que estou escrevendo para você! Quero compartilhar com você e seus leitores a grande bênção que recebi na minha vida, graças a Deus em primeiro lugar, e depois a um anjo chamado Tatiana Matsuo, meu anjinho querido, Tati.
    Antes de contar sobre os resultados obtidos com as orientações que você me passou neste post, quero contar para você, Tati, algo muito interessante que aconteceu comigo, exatamente na noite anterior que antecedeu sua postagem no blog :
    Alguns dias antes, eu havia escrito para você muito desesperada de tanta dor, depois de tentar o “fortalecimento muscular para o pescoço” e acabar piorarando ainda mais a dor. Eu me lembro que você levou alguns dias para me responder.
    Exatamente na noite anterior à sua resposta, fui me deitar me sentindo esgotada de tanta dor, sentindo uma franqueza mesmo, e antes de dormir, disse para Deus, quase sem forças, que não aguentava mais. Pedi que Ele me mostrasse um caminho que me levasse a cura ou ao alívio, e adormeci. Quando estava já amanhecendo o dia, eu tive um “sonho”: Sonhei com uma mulher, que somente depois que eu havia acordado me dei conta de que tinha as suas características físicas. Neste sonho, essa mulher, de aspecto doce e luminoso, veio flutuando até mim, estendeu as duas mãos e me entregou algumas jóias, como pérolas e brilhantes, muito bonitos…eu me lembro que brilhavam muito. Depois que eu peguei, entendi ainda no sonho, que algo muito bom iria acontecer na minha vida. Eu realmente estava recebendo como que um presente de Deus, verdadeiras jóias que só eu sei o valor, e foi através das suas mãos, eu sinto e tenha certeza absoluta no meu coração. Durante o sonho não identifiquei que era você, mas assim que acordei, sua lembrança veio muito forte e claramente na minha mente. E eu te dou minha palavra que não fui dormir pensando em você, o que talvez pudesse justificar o sonho. Não tenho dúvidas de que nós duas tivemos um encontro espiritual enquanto dormíamos…não sei se você acredita nessas coisas…
    Então, como havia tido essa experiência tão linda e que me havia remetido a você, logo de manhã entrei no seu blog, porque eu tinha certeza absoluta de que você iria me dar uma resposta naquele dia. Entrei no blog e você não tinha respondido, no entanto, tinha tanta certeza que você ia me responder naquele dia que depois do almoço entrei no blog de novo, e então sua resposta estava aqui! Incrível!
    A partir deste dia, após ler muito vezes o seu post e anotar num papel, que está na cabeceira da minha cama até hoje, os principais pontos da sua orientação, eu comecei a praticar todos os dias e os resultados começaram a aparecer rapidamente.
    A liberação dos pontos gatilhos apenas com o toque suave dos dedos foi simplesmente mágica. Depois de três ou quatro dias, os pontos dolorosos desapareceram, e o melhor: Nunca mais voltaram!!! O que não acontecia com a técnica de pressionar com força.
    Os movimentos suaves complementaram o relaxamento muscular. Mas a maior surpresa pra mim foi perceber a força de cura da RESPIRAÇÃO. Tati, eu realmente estou impressionada! Fazer a Respiração da forma como você ensinou, Disciplinadamente, chegou a me curar as dores mais fortes! E o efeito é muito duradouro.
    Juntando tudo o que você ensinou, os meus músculos estão relaxados, sem pontos dolorosos já há muitos dias, coisa que eu não sentia há muitos anos! Agora, quando a dor de cabeça vem, é sempre bem fraquinha e remissível com remédio, um verdadeiro milagre pra mim. Já até sinto segurança de sair de casa sem analgésicos, acredita?! Isso era impensável pra mim até alguns dias atrás. É simplesmente maravilhoso!
    Tenho certeza que a persistência na prática vai me trazer ainda muito mais benefícios!
    Pra mim é emocionante voltar aqui no seu blog, depois de postar tantos comentários falando sobre dor, para falar de alívio, de qualidade de vida e de muito esperança!
    Tudo isso graças a Deus e a Você Tati. MUITO OBRIGADA! Eu não tenho como te recompensar a altura, mas Deus sim! E eu peço a Ele que te retribua com muita SAÚDE, PAZ, AMOR E SUCESSO!
    Você é um espírito de Luz Tati, eu vi naquele encontro,e você tem a Missão mais linda e talvez a mais nobre desta terra, que a de promover a saúde, a cura e o alívio de dores. Continue nesse caminho, porque você vai colher muitos bons frutos, esteja certa!
    Preciso falar mais alguma coisa? Não tenho palavras capazes de expressar minha gratidão, mais uma vez!

    Que Deus te Abençoe e te Ilumine ainda mais!
    Você estará sempre nas minhas orações!

    Um forte abraço,

    Vanessa C. Provazi

    • tatipilates disse:

      Vanzinha querida, mil desculpas não ter respondido antes… eu li o seu lindo depoimento e me arrepiei toda… eu realmente estava muito preocupada com vc, e estava me concentrando para passar a informação necessária da melhor maneira possível. Fiquei imensamente feliz em saber que vc está bem… que suas dores estão curadas! Você merece tudo de bom… a respiração tem sim um PODER INIMAGINÁVEL! E a vida nos tensiona diariamente, nos agredimos constantemente com medos e pressões internas, cobranças que nos fazemos e que recebemos dos outros. O melhor que temos a fazer é aceitar os acontecimentos, RESPIRAR e fazer o melhor possível para vivermos em harmonia! Que Deus também te abençoe sempre querida! Felicidades e muita saúde, amor e paz! de coração, Um forte abraço, Tati.

  3. Pingback: TENSÃO NO PESCOÇO E OMBRO!!! Não aguento mais… | Entendendo o Corpo e a Dor by Tati Pilates

  4. Pingback: Costocondrite – dor no esterno ou costelas e outras dores Crônicas | Entendendo o Corpo e a Dor by Tati Pilates

  5. Pingback: DOR NO OMBRO e o Manguito Rotador | Entendendo o Corpo e a Dor by Tati Pilates

  6. Angela disse:

    Bom dia Tati, que bom que descobri um blog que talvez venha resolver meu problema que médico, fisioterapia, rpg ainda não resolveu. Acredito que me resta um pouco de esperança para me libertar deste tormento. Tati, como sou iniciante aqui, primeiro vou passar o que sinto. Acordo sempre de madrugada com uma dor no lado direito da nuca abaixo do crânio. Dor esta que preciso me levantar da cama para não desencadear uma enxaqueca. Fico sentada por uns quarenta minutos e esta dor passa. Sinto esta dor com o toque, parece que a minha pele dói. Já foi relacionada também com alimentação, pois quando como alguma coisa que contenha açucar ela se torna mais intensa. São em dias alternados porem com o açucar piora. O médico disse que o açúcar energiza o músculo, daí a dor ser mais forte.
    Em fim este tormento me acompanha a mais ou menos 8 meses e não sei mais o que fazer. Vou ler mais atentamente seu blog para fazer tudo certinho e ver se me livro desta dor que não é forte mas que me deixa irritadíssima.

  7. Ludimila disse:

    Ola Tati como nao sou adepta a tecnica de digitopressão sobre os triggers points achei muito interessante a tecnica do toque sutil. Qual a base disso, existe estudos, curso? é baseado na medicina oriental?

    • tatipilates disse:

      Oi Ludimila, essa técnica é baseadas Terapia CranioSacral e Manipulação Visceral e Neural. Existem sim vários estudos e está crescendo cada dia mais os adeptos.
      Um abraço,
      Tati.

      • Ludimila disse:

        Muito obrigada Tati! Foi tão bacana ter encontrado seu site. Eu estava pesquisando sobre reforço de musculatura do pescoço e muitas coisas interessantes me esclareceram. Que Deus continue abançoando vc por disponibilizar seus conhecimentos. Estou me formando agora em Fisioterapia, fiz o curso de pilates. Gosto muito do ITC vertebral fazem um trabalho muito bacana. Abraços. Ludi

  8. Eliana Gualasi disse:

    Boa noite Tati, sou mais má das milhares de pessoas que procuram sua ajuda. Assim como a Vanessa, eu tbém tenho essa dor insistente na cervical(pescoço), no tapeézio(mais do lado esquerdo) e no braço esquerdo. Sem contar que a cabeça dói as têmporas etc. Em fim, fui diagnosticada com dor Miofcial é preciso de um tratamento para os pontos gatilhos. Estou apostando mto na sua orientação, pois fiz fisioterapia no hospital por várias vezes e tomei tudo junto(anti-inflamatório, analgésico e relaxante muscular) , mas a dor volta sempre é esses remédios não adiantam em nada!! Não sei onde ir buscar ajuda, me disseram que o pilates pode ajudar…. Portanto gostaria de saber sua opinião, pois estou em um momento com mtas dificuldades financeiras para pagar uma academia. Mas pretendo ir em uma assim que tiver condições. Como a dor me atormenta, eu queria saber se existe um meio de diminuir essa dor com exercícios em casa, pelo menos por enquanto!! tbém me indicaram um acupunturistas que trabalhe nos pontos gatilhos…, Me desculpe te encomodar, mas notei que vc já vem ajudando mtas pessoas e tomei a iniciativa de te escrever. Aguardo sua resposta seja ela qual for, é mto obrigada pela atenção!! Bjs Que Deus te abençoe, para que através de vc outros possam ser abençoados!!

    • tatipilates disse:

      Oi Eliana, você encontrará todas as respostas de como se auto-curar em meu blog… leia os textos dentro das categorias: auto-cura e entendendo o emocional. Muitos deles escrevi motivada a ajudar a Vanessa que tocou o meu coração! Um forte abraço, Tati.

  9. Mariana disse:

    Bom dia Tati. Estava procurando alguns artigos relacionados a dor no pescoço e entre minhas pesquisas estava o seu site. Li praticamente todos os posts e achei o máximo o modo que você passa informações para seus leitores.
    Minha questão é a seguinte, ops… rs minha não, da minha mãe. Tudo se iniciou com uma dorzinha na face lateral do braço esquerdo. Ela foi até o ortopedista que pediu um raio x, que nada mostrou e uma ultrassonografia que mostrou bursite e tendinite do manguito rotador, porém sem rompimento, graças a Deus. O ortopedista pediu sessões de fisioterapia, que bem pouco adiantou. Um tempo depois ela começou a sentir um incômodo no pescoço, o que segundo ela nada tem a ver com torcicolo, e por coincidência ou não também no lado esquerdo. Voltou novamente ao ortopedista que diagnosticou como tensão, passou um relaxante e esse, a proporcionou pouquíssima melhora, no retorno, ele pediu à ela, sessões de RPG. Agora nas últimas 3 ou 4 sessões, a dor no pescoço voltou. A mesma dor, ao movimentar o pescoço para o lado esquerdo.
    Minha dúvida são as seguintes:
    1) A fisioterapeuta que realiza as sessões nela, ontem disse que detectou um nódulo de tensão.
    Esse nódulo de tensão é a mesma coisa dos pontos gatilhos? Visto que a fisioterapeuta a orientou a procurar o ortopedista para que o mesmo a prescreva novamente sessões de fisioterapia para que o mesmo seja “desativado” através de técnicas específicas para o caso dela.

    2) Esse problema no pescoço pode ser decorrente a essa bursite no manguito rotador, ou nada tem a ver?

    Agradeço desde já e aguardo ansiosa pela resposta!

    • tatipilates disse:

      Na verdade tudo está interligado, o ideal seria um tratamento com a terapia CranioSacral e manipulação visceral. Abraço, Tati.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s