DOR NO OMBRO e o Manguito Rotador

Um dos maiores causadores de dor no Ombro é a lesão do Manguito Rotador (conjunto de 4 músculos: subescapular, supra-espinhoso, infra-espinhoso e redondo menor). Esses músculos cobrem a cabeça do úmero (parte do osso do braço que se conecta com a Cintura Escapular: escápula e clavícula); e são responsáveis pela estabilização, força e mobilização.

CAUSAS DA LESÃO

Existem diversas formas de lesionar o ombro: Impacto por quedas e acidentes (fraturas, luxação, distensão muscular, etc), movimentos repetitivos (tendinites e bursites) e degeneração (artrose). Porém a dor pode aparecer mesmo sem ter havido nenhuma lesão, você de repente acorda com a dor e nem sabe de onde veio. Normalmente isso acontece devido a uma mecânica de movimento faltosa ao elevar o braço.

COMO ISSO ACONTECE?

Todo o movimento do braço está diretamente conectado à escápula (antigo omoplata) que é um osso chato que se encontra nas costas. Se você elevar um dos ombros em direção às suas orelhas com a mão sobre ele e dedos sobre o osso mais atrás, vai sentir que esse osso desliza pra cima e, quando você distancia o ombro das orelhas ele escorrega para baixo, como se a ponta inferior desse osso (escápula) quisses ir em direção ao bolso traseiro da sua calça. Esse deslocamento da escápula é muito importante e deve ser feito sem muito esforço, para não causar tensões no trapézio, músculo sobre os ombros perto do pescoço. No dia a dia, acostumamos colocar ali todo o estresse e as tensões, e sem perceber vamos comprimindo os ombros e trazendo eles cada vez mais perto das orelhas… Mas, se você prestar atenção, vai sentir que ao dirigir os ombros estão tensos, ao atender o telefone, ao cozinhar… e é esse acúmulo de tensões que irá causa as dores no pescoço e nas costas… O problema maior é que, esse novo hábito de mater os ombros elevados vai influenciar nos movimentos dos braços. Tudo porque na escápula tem uma pontinha saliente na parte superior sobre o ombro quase na articulação (o acrômio) e, quando o ombro está elevado, essa pontinha vai deslizar à frente podendo pinçar o nervo ou o tendão que passa por baixo dela indo em direção ao braço. Esse pinçamento ou compressão, poderá trazer lesões caso o braço seja elevado acima da altura dos ombros com uma sobrecarga, isto é, se você estiver carregando algo pessado; podendo até ocasionar ruptura parcial ou total do tendão.

O QUE FAZER?

  • Colocar gelo é uma das formas de se tratar logo após o trauma e depois para evitar a inflamação,
  • Você deve procurar um médico para saber qual foi o comprometimento osteo-muscular;
  • Em casos mais graves Imobilizar o braço;
  • E, assim que passar a fase aguda e for liberada pelo médico, você deve trabalhar na reeducação do movimento e fazer a mobilização e fortalecimento.

É importante entender que, ao tratar da lesão você não estará necessariamente cuidando da causa, pois se esta lesão se originou de um movimento faltosos, ele não será corrigido automaticamente. E, após o trauma é normal que o corpo crie novos movimentos compensatórios para proteger e compensar o trabalho do músculo lesionado, agravando mais ainda. Outra coisa comum de aparecer é a memória da dor, que, mesmo após a recuperação da lesão, faz com que toda a estrutura trave e se contraia, tentando evitá-la. Porém essa contração repentina causa uma dor pior, que parece uma pontada quando o músculo espreme o nervo. Muitas pessoa, apesar de já terem se recuperado da lesão, permanecem com a dor que normalmente até piora, porque o corpo continua se protegendo. Ao evitar o movimento, o ombro se enfraquece e a dor aumenta, porém ao tentar mexer, o ombro reclama, virando um ciclo vicioso. Essa tensão muscular pode levar a tendinites e outras inflamações, pois o músculo não consegue descansar e se recuperar. Você passa a ter dor ao dormir. Um médico irá lhe receitar um relaxante muscular e um anti-inflamatório. Em casos mais graves pode ser necessária a imobilização.

COMO QUEBRAR ESSE CICLO DE DOR?

É importante que seja introduzido movimentos de soltura em forma de pêndulo. Onde o corpo está todo relaxado e com a mão sobre o ombro dolorido você vai girando o corpo e deixando o braço balançar. Deve ser feito em variadas direções, podendo inclinar o corpo à frente para ir soltando e aumentando a mobilidade.

Quando a lesão sai do estágio agudo você deve começar a fortalecer e aumentar a amplitude de movimento, numa primeira fase, os exercícios devem ser feitos sem sobrecarga (peso) e sem as forças negativas da ação da gravidade. Uma maneira de se fazer isso é utilizar uma borracha ou o theraband, vindo de cima, você segura nas extremidades e a borracha é que vai elevar o braço para você, enquando você faz a força para baixo na posição frontal e lateral.

Na posição deitada, você pode trabalhar a rotação do ombro. Coloque os braços um pouco afastados do tronco. Inspire e sinta que o braço inteiro irá rotar para fora como se fosse um pino ao virar a palma da mão para cima, você vai sentir o peitoral abrindo e se alongando. Na expiração o braço volta sem forçar… sempre com a menor contração possível. Esse movimento deve ser feito com o mínimo de dor. Caso na segunda ou terceira vez a dor não tenha diminuido e sim aumentado, você deve parar imediatamente o exercício.

DINÂMICA CORRETA DE MOVIMENTO DO OMBRO

Ao elevar o braço, as suas escápulas devem deslizar para baixo. Imagine uma gangorra: quando a extremidade das mãos se eleva a extremidade do ombro quer descer. Você pode ir em frente do espelho e colocar uma mão sobre o ombro pra sentir ele deslizando para baixo enquanto vc eleva o braço.

Um exercício que eu costumo fazer é assim: deitado com os braços na lateral do corpo, você primeiramente inspira e eleva os ombros em direção à orelha ( esse movimento da escápula é importante, porém não durante o movimento do braço ); ao expirar mande os ombros para longe das orelhas, pense nos dedos indo em direção aos pés, e pense nas mãos como sendo aviões, que vão decolar, subindo fora da cama e voando em direção dos pés. Mantenha as escapulas relaxadas e espalmadas na cama enquanto o braço continua a subir, mantendo os ombros longe das orelhas durante todo o movimento, que só termina quando os braços tocarem a cama ao lado da cabeça. Com os braços sobre a cabeça, inspire e traga os ombros em direção das orelhas novamente como se quisesse alcançar com os dedos lá para trá, num alongamento gostoso e, ao expirar deslize os ombros novamente para longe das orelhas, trazendo as escápulas para a posição correta antes de começar a movimentar, os braços vão sair novamente da cama e descer para a lateral do tronco. Após repetir 3X, você deverá realizar esse mesmo movimento na lateral do tronco, mantendo a palma da mão pra cima o que provoca uma rotação externa do ombro. Termine realizando semi-círculos.

MUITO IMPORTANTE: SEMPRE QUE OS BRAÇOS SE MOVIMENTAM E SE ELEVAM ACIMA DA ALTURA DOS OMBROS, OS MESMOS DEVEM ESTAR LONGE DAS ORELHAS, COM AS ESCÁPULAS DESLIZANDO NAS COSTAS EM DIREÇÃO AO BOLSO TRASEIRO DA CALÇA.

PILATES E A CINTURA ESCAPULAR

É importante lembrar que, fazer a correção do movimento, num exercício lento não é tão difícil, o mais difícil e conseguir fazer isso no dia a dia, quando você está com milhares de coisas na cabeça. O Pilates vai te ajudar nessa transferência, desafiando o controle em exercícios de alta complexidade e em diferentes posições. Você tem o auxilio das molas para fortalecer graduamente, respeitando as suas limitações.

Lembre~se que é muito importante o acompanhamento de um profissional para ter certeza de que essa correção seja feita apropriadamente.

Em casos em que apesar da lesão já ter saído da fase aguda e já esteja recuperada, mas que dor não esteja permitindo os movimentos, como ombros congelados, você deve tentar aliar outras terapias como a CranioSacral, que vai ajudar a apagar a memória da dor, dissolvendo o tecido fibroso e o tecido cicatricial e, auxiliando na reabilitação e fortalecimento. Ao aceitar o movimento o corpo relaxa essa musculatura e as fibras voltam a deslizar, podendo ser alongadas e fortalecidas.

Leia também:

By Tatiana Matsuo.

About these ads
Esse post foi publicado em Sobre PESCOÇO e OMBRO, TODOS OS TEXTOS. Bookmark o link permanente.

25 respostas para DOR NO OMBRO e o Manguito Rotador

  1. Lenise disse:

    Este topico foi muito importante pra mim, me machuquei na musculaçao, o fisioterapeuta diz que tenho que retornar, mas prefiro investir no Pilates 3x na semana. A musculaáo nao e melhor que o Pilates.

  2. tatipilates disse:

    Oi Lenise, é uma boa idéia fazer Pilates, pelo menos até corrigir o movimento e fortaceler a musculatura estabilizadora da escápula. Boa sorte!

  3. ramona disse:

    eu fez uma cirurgia de mama tem 8 meses.eu senti quando meu braço foi amarrado de mal jeito.só agora que estou sentindo muita dor no braço tem dias que não consigo fazer nada.o que devo fazer para melhorar.não aguento mais tomar relaxante muscular e antiflamatorio.doi braço ombro,pescoço e peitoral.por favor me ajude.
    obrigado.

    • tatipilates disse:

      Oi Ramona, a própria cirugia pode levar a dores nos braços e ombros, o corpo se protege e retrai, fechando a coluna para frente, a respiração fica encurtada e com isso a região cervical fica sobrecarregada. Leia meus textos sobre a respiração e sobre a auto-cura, se vc puder procurar um terapeuta CranioSacral, vai ter um alívio muito mais rápido! Um abraço, Tati.

  4. Rosana Barbara disse:

    Adorei! Cada vez mais valorizo a importância da consciência corporal que o Pilates tanto
    enfatiza na sua prática.

  5. Pingback: Fortalecimento do pescoço – melhora a dor? E o Trigger point ou ponto gatilho? | Entendendo o Corpo e a Dor by Tati Pilates

  6. Adriana disse:

    Nossa! Eu tenho exatamente isso! Há anos! E essa “pinça” desse tendão, por um acaso, causa uma dor de cabeça infernal?? Por que eu tenho dor na escápula, trapézio, pescoço (tudo bem enrijecido) e, quando ataca, uma enxaqueca fenomenal. Só passa com relaxante muscular! Tati Pilates, você atende aonde? Meu ortopedista pede que eu volte ao Pilates.

  7. A mais de um ano que realizo sessões de fisioterapia para capsulite adesiva e o braço ainda continua duro. Sofri um acidente de trânsito ocasionando a ruptura manguito rotador e lesão no bíceps

    • tatipilates disse:

      Oi Absalão, procure um terapeuta de Manipulação Visceral… vc provavelmente tem toda a sua parte visceral intra toráccica presa. A terapia vai ajudar aumentar a mobilidade do seu braço. Um abraço, Tati.

  8. fabio disse:

    Para liberar aquela tensão no final do pescoço e entre as escapulas visite um quiropraxista. :)

    • tatipilates disse:

      Oi Fabio, quiropraxista, massagista, acupunturista, todos podem ajudar! Acredito que, se for um bom terapeuta vai ajudar a trazer alívio independente da técnica :) Cada pessoa vai se identificar mais ou menos a uma ou outra… A Terapia CranioSacral e a Manipulação Visceral tbém são excelentes técnicas pois antes de realinhar o corpo ele tira as tensões da fáscia que fizeram com que a coluna saisse fora do lugar. Muitos Quiropraxistas e Fisioterapeutas estão se especializando nessas técnicas. Um abraço, Tati.

  9. paulo disse:

    Oi, alguem ae pode me tira uma duvida,
    Eu machuquei o ombro direito a alguns dias so nao tenhu certeza se foi me apoiando na beira da pscina com o peso nele ou se foi na musculaçao mais issu eh o de menos, o caso e que ele começo estralar sempre q fazia alguns movimentos e uma dorzinha bem leve mais assim akela dorzinha q so incomoda um pouco agr a estralaçao diminuiu mas assim fico meio sem geito com ele mas a movimentaçao dele esta normal ae nun fui no medico ainda. alguem pode me esclarecer algo oq pode ser se eh algo q melhora facil se eh mais complicado qlq coisa ja ajuda.
    Abrss

    • tatipilates disse:

      Oi Paulo, é difícil avaliar o seu problema sem examiná-lo, é preciso ver e apalpar a musculatura. Se vc está sem dor e os movimentos estão normais é um bom sinal. Faça os movimentos de pêndulo e leia os textos de auto-cura, vc deve procurar os pontos de restrição e mais tensos que causam o “estalar” na articulação. Com o calor da sua mão sobre os pontos rígidos a musculatura vai cedendo e relaxando. Se tiver dor é importante procurar um médico para que vc seja avaliado. A terapia CranioSacral é a mais indicada nesses casos, se vc tiver oportunidade de procurar um profissional para aliviar os pontos de restrição e tensão, vc poderá estar evitando uma lesão mais grave futuramente. Um abraço, Tati.

  10. DÉBORA disse:

    SINTO UMA DOR MUITO FORTE NO OMBRO DIREITO QUE MUITAS VEZES Ñ PASSA NEM COM ANTI INFLAMATORIO, DURMO E ACORDO COM ELA ,JA PROCUREI MEDICOS MAS Ñ RESOLVERAM MEU PROBLEMA Ñ SEI MAS O QUE FAZER.

    • tatipilates disse:

      Oi Débora,
      A dor no ombro pode ser uma dor reflexa de advindo do fígado, temos ligamentos que fixam o orgão internamente que quando estão tensos ou encurtados limitam o movimento do ombro. Procure um terapeuta que faça a Terapia CranioSacral e/ou Manipulação Visceral para te ajudar a encontrar a causa e assim chegar a um tratamento eficiente. Um abraço, Tati.

  11. Fabio disse:

    Tenho uma dor no ombro esquerdo e ja fui em 2 medicos diferentes e um deles me receiitaram maxilud e o outro receitou um remedio prescrito , mais não melhorou . Meu caso é bucite , se puder deixar uma dica de tratamento eu agradeço.

    • tatipilates disse:

      Oi Fábio, começe com as compressas fria e depois quente. Leia os textos sobre o toque que cura… na parte de auto-cura… vai sentindo os pontos de tensão por todo o pescoço, ombro e braço para ir relaxando o tecido… o ideal é que vc procure um terapeuta de CranioSacral ou Manipulação Neural. Um abraço, Tati.

  12. Tenho uma dor que parece que queima uma região da escápula.Já tomei miosan, arcóxia,betatrinta. Tanto raio x como o ultrasson não revela nada. Fiz fisioterapia, acupuntura e quiropraxia, mas tb não resolveu nada. É uma dor que só doi nessa região da escápula, não dói outra região e o mais estranho é que só doi quando ando ou se seguro algo pesado. Não sei mais o que fazer, já faz 9 meses que passei a sentir essa dor. Fazia rolamentos na aula de Aikidô, e acredito que a dor começou por causa disso, mas ninguém descobre o que tenho. Não acho que seja só tensão muscular ou inflamação de nervo que passa pela escápula, pois tomei medicamento e não melhorei. Todos acham estranho o fato que só doi se caminho ou seguro peso, dizem que não é comum. Por favor me ajude!

    • tatipilates disse:

      Oi Camila, tente o toque que cura que ensino aqui… trabalhe a respiração para liberar a tensão entre as costelas, a raiz do nervo pode estar sendo pinçada por tensão no intercostal… para isso leia todos os textos dentro da respiração… e se não melhorar procura um terapeuta de CranioSacral e Manipulação Neural… um abraço, Tati.

  13. Pablo Gonçlves Monteiro disse:

    olá tati,estou com um problema no ombro, depois que malhei supno inclinado, parece que forcei mt… logo depois comecei a sentir uma dor bem desconfortavel no ombro, e qunado cheguei em casa a dor foi se agravando, entendi que era pelo esforço mas achei que voltaria a fcar normal dai no outro dia n conseguir mais malhar a dor era mt intensa… entaum na outra semana n malhei, fiquei de repouso, fazendo exercicios aeróbicos, abdminais… n puxei peso nehum para relaxar o ombro… entaum nessa semana volteir a malhar… na segunda malhei braço normalmente… mas senti um poco ombro… e na terca feira… era o dia que mais temia… eu ia saber se era dor proveniente de exercico de peito ou n(eu descinfiava do inclinado, pra peito, e do de ombro eleveaçao frontal com barra…) dai malhei supino reto normal msm sentindo um poco de dor mas deu pra malhar, mas quando fui malhar inclinado… ferro tudo o peso quase travou consegui colocar no lugar…, e desistir de fazer, a mesma coisa foi com o voador, mais malhei msm doendo =/ mt tempo sem malhar mas peguei leve ainda,(pego tudo), dai botei na metade… resumindo, o meu ombro ta demorando a voltar ao normal axo que lesione i tendão… quando malho bicips e tranquilo, costas tb e tricips… peito nem pensar, mt menos ombro… consultei um ortopedista ele apalpo o ombro fez uns testes e me avaliou sendo tendinite… me passou anti-inflamatórios, declofanato eu acho, e falou para ficar de repouso… queria saber se tem como eu melhorar rapido, o que vc acha analisando esse meu quadro, tomara que n seja nada demais, to achando que é isso que que vc falo no texto… deve demorar a voltar acho que tenho que fazer a fisioterapia… =/
    flw abraços!

    • Pablo Gonçlves Monteiro disse:

      desculpa esqueci de indicar o local da a dor exatamente, é no Ombro esquerdo, o meu direito ta normal… e n conseguia nem dormir nos dias de dores intensas, provenientes de altos esforços que foi nno dia que lesionei… e no dia que que malhei peito novamente… depois da semana de descanso como falei…

      • tatipilates disse:

        Ah… e eu me esqueci de mensionar que ensino aqui no blog como liberar esse ponto doloroso com o toque que cura… para isso leia meus textos dentro da auto-cura… algumas vezes o problema é mais profundo e vc pode ter outras coisas que o levaram a lesionar o ombro, como uma falta de mobilidade do fígado… se puder procurar um terapeuta vai valer a pena! boa sorte! Tati.

    • tatipilates disse:

      Oi Pablo, já atendi algumas pessoas que lesionaram o ombro fazendo exercícios… e com certeza vc está com a fibra do nervo presa na fascia do músculo. Meu conselho é que o quanto antes vc procure um terapeuta de CranioSacral e Manipulação Neural. Esse problema poderá ser facilmente resolvido com essas terapias. Um abraço, Tati.

  14. Luis Carlos Timóteo Corrêa disse:

    Tive uma lesão no ombro direito, fui ao médico e ele pediu todos os exames e depois chegou a conclusão que a solução seria a cirurgia no manguito rotator. Não consegui a liberação da Fundação Saúde Itaú, Banco onde trabalho. Mandei outro pedido e estou aguardando.
    Pergunta: Que tipo de exercícios posso fazer, porque derrepente me recupero com eles já
    que estou afastado do Karate, esporte este onde lesionei. Meu nome é Luis Carlos

    • tatipilates disse:

      Luis, leia os textos de auto-cura… continue lendo os de respiração, entendendo o emocional… os sobre dor… e sobre pescoço e ombro clicando na barra lateral direita. Um abraço, Tati.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s